Adeus a Waldo, o maior artilheiro tricolor

Waldo Machado da Silva começou a jogar bola, como tantos outros meninos, nas peladas de rua e na praia, em Niterói, onde nasceu no bairro do Barreto. Calçou seu primeiro par de chuteiras aos 16 anos, defendendo o Fluminense de Niterói.     O artilheiro que veio do outro lado da baía Do outro lado … Continue reading Adeus a Waldo, o maior artilheiro tricolor

Thomas Donohoe: antes mesmo de Charles Miller

Oficialmente, o Bangu Atlético Clube foi fundado em 17 de abril de 1904, porém, atividades esportivas em geral e futebol, em particular, já eram práticas conhecidas no bairro desde o século XIX.   O football era um esporte que já existia há muito tempo na Inglaterra e cujas regras oficiais foram traçadas em 1863. Inúmeros … Continue reading Thomas Donohoe: antes mesmo de Charles Miller

Castilho: os momentos marcantes de sua carreira

“São Castilho” para a grande torcida tricolor e “leiteiro” para as torcidas adversárias. Para mim o maior ídolo da história do Fluminense. Presenciei atuações fantásticas de Castilho, que fizeram dele o “São Castilho” de todos nós tricolores.   Assisti também as bolas baterem na trave ou no seu corpo, lances que o transformaram em “leiteiro”, … Continue reading Castilho: os momentos marcantes de sua carreira

Waldir Boccardo: o adeus ao campeão mundial de basquete de 1959

No último domingo, dia 18 de novembro de 2018, faleceu o Waldir Geraldo Boccardo. Waldir, campeão mundial de basquete de 1959, nos recebeu em seu apartamento no Leme. As fotos, as medalhas e os troféus conquistados ao longo da brilhante carreira esportiva, ornamentavam o cenário, onde conversamos durante mais de três horas na tarde de … Continue reading Waldir Boccardo: o adeus ao campeão mundial de basquete de 1959

Jair Rosa Pinto: o craque que deu o nome ao presidente

No último dia 28 de outubro, o Brasil conheceu o novo Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Aos 63 anos, ele nasceu no dia 21 de março de  1955. Nessa época um dos maiores craques da história do futebol brasileiro, Jair Rosa Pinto, jogava na Sociedade Esportiva Palmeiras.   Por que o recém eleito presidente … Continue reading Jair Rosa Pinto: o craque que deu o nome ao presidente

Os 85 anos de Mané Garrincha

Na passagem dos 85 anos de Garrincha, no dia 18 de outubro de 2018, inserimos no texto a seguir, parte já publicada, importantes depoimentos que enriquecem a trajetória do nosso Mané. Nunca é demais, quando temos oportunidade, de lembrar de um personagem do mundo do futebol que proporcionou tanta alegria as platéias nos mais diferentes … Continue reading Os 85 anos de Mané Garrincha

Raul Barreto de Albuquerque Maranhão: um fidalgo jogador do Bangu

O jornalista esportivo Mário Filho que, desde 1966 dá nome ao Maracanã e era irmão mais velho do famoso dramaturgo Nelson Rodrigues, jamais se cansou de exaltar os feitos de um jogador do Bangu inteiramente desconhecido do grande público. Mário Filho enaltecia seus chutes e, em suas reminiscências, jurava que o “craque” fazia muito sucesso … Continue reading Raul Barreto de Albuquerque Maranhão: um fidalgo jogador do Bangu

Rui de Freitas: o guru de várias gerações do basquete brasileiro

Todas as quartas-feiras, no CIEP Nação Rubro-Negra, na Gávea, ex-jogadores de basquetebol se encontram e jogam animadas peladas. Lá encontrei Gedeão, Ardelim (ex-Botafogo), Marcelo Cocada (ex-Flamengo e Fluminense), Rogério “Touro” (ex-Botafogo) e muitos outros.   O grupo é organizado e as peladas são divididas por faixas etárias. Soube que o líder é o Paulista, ex-Vasco, … Continue reading Rui de Freitas: o guru de várias gerações do basquete brasileiro

Turfe Brasileiro: dá-lhe Rigoni

No dia 11 de junho de 2018, o Jóquei Clube Brasileiro realizou mais uma edição do Grande Prêmio Brasil. Desde a vitória do tordilho Mossoró, montado por Justiniano Mesquita, em 1933, já se passaram 85 anos. O evento sempre é muito especial para os amantes do turfe.   Cavalos, jóqueis e treinadores inesquecíveis A história … Continue reading Turfe Brasileiro: dá-lhe Rigoni

Orlando “Pingo de Ouro”: o artilheiro que parou o “Expresso”

Orlando “Pingo de Ouro”, um dos melhores atacantes do Fluminense nas décadas de 40 e 50, seguiu a carreira de jogador de futebol influenciado por seus quatro irmãos, especialmente, Tará, o mais velho, que foi um dos maiores jogadores de todos os tempos no futebol pernambucano.   Seu pai não queria ver seus filhos como … Continue reading Orlando “Pingo de Ouro”: o artilheiro que parou o “Expresso”