As formas de disputa das Copas do Mundo: de 1930 a 2018.

Em Junho de 2018, será disputada a vigésima-primeira Copa do Mundo. Realizada desde 1930, a Copa nem sempre foi disputada da forma como a conhecemos: uma fase classificatória organizada em grupos com uma fase final no formato de torneio com oitavas-de-final, quartas-de-final, semifinal e final. Sendo mais preciso, esse formato foi adotado na Copa de … Continue reading As formas de disputa das Copas do Mundo: de 1930 a 2018.

Há 60 anos o mundo descobriu Garrincha e Pelé

Em 1957, após perder o campeonato sul-americano, em Lima, sob o comando de Osvaldo Brandão, o Brasil disputou as eliminatórias para a Copa do Mundo de 1958, na Suécia. O nosso adversário era o Peru. A primeira partida, marcada para a capital peruana, fez com que a delegação brasileira permanecesse em Lima. Com o empate … Continue reading Há 60 anos o mundo descobriu Garrincha e Pelé

A história da Taça Brasil, a primeiro competição nacional do futebol brasileiro: de 1959 a 1968

A Taça Brasil foi a primeira competição nacional da história do futebol brasileiro. Ela foi disputada de 1959 a 1968, totalizando 10 edições. Seu maior vencedor foi o Santos de Pelé, com 5 títulos (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965), seguido por Palmeiras com dois (1960 e 1967). Bahia (1959), Cruzeiro (1966) e Botafogo (1968) … Continue reading A história da Taça Brasil, a primeiro competição nacional do futebol brasileiro: de 1959 a 1968

Luiz Antônio da Guia: mais que um jogador, o Bangu. De 1912 a 1931

Em 1912, um jogador negro, baixinho, nascido em 1894 - seis anos após a abolição da escravatura -, primeiro filho de uma família de onze irmãos, estreava como jogador do Bangu na posição de beque. Em 1931, ou seja, 19 anos depois, este mesmo atleta fazia sua última partida com a camisa alvirrubra. Seu nome: … Continue reading Luiz Antônio da Guia: mais que um jogador, o Bangu. De 1912 a 1931

A história dos turnos do campeonato carioca: Taça Guanabara, Taça Rio e as demais Taças, de 1972 a 2018

Disputado desde 1906, o campeonato carioca adotou o sistema de pontos corridos até 1971. Nesses período, as únicas exceções foram os campeonatos de 1924 (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres), 1936 (Federação Metropolitana de Desportos), 1953, 1954 e 1955. A partir de 1972, o campeonato passou a prever finais para definição do campeão. Desde então, foram … Continue reading A história dos turnos do campeonato carioca: Taça Guanabara, Taça Rio e as demais Taças, de 1972 a 2018

Troféu Caixa Econômica Federal, a famosa Taça das Bolinhas: o mais emblemático troféu homenagem da história do futebol brasileiro, de 1975 a 1992

O Troféu Caixa Econômica Federal, mais conhecido como Taças das Bolinhas, é o mais emblemático troféu homenagem da história do futebol brasileiro. É importante destacar essa característica pois muitas pessoas pensam que esse era o troféu oficial do campeonato brasileiro, o que está errado. Outro ponto é que seu nome não era Troféu Copa Brasil, e … Continue reading Troféu Caixa Econômica Federal, a famosa Taça das Bolinhas: o mais emblemático troféu homenagem da história do futebol brasileiro, de 1975 a 1992

A história dos rebaixamentos do campeonato brasileiro de futebol: de 1971 a 2017

O texto em questão se propõe a contar a história do rebaixamento no campeonato brasileiro de futebol. Ele foi organizado de forma cronológica, passando por todos os campeonatos desde 1971. As informações utilizadas estão devidamente respaldadas pelas tabelas dos campeonatos.   O Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Campeonato Brasileiro e o Rebaixamento As origens do … Continue reading A história dos rebaixamentos do campeonato brasileiro de futebol: de 1971 a 2017

Escurinho, o último dos samurais do time do Villa Nova, campeão mineiro de 1951

O último herói da conquista de 1951 Do time que se sagrou supercampeão mineiro de 1951 pelo Villa Nova, numa memorável decisão com o Atlético, resta apenas um atleta vivo, o ponta-esquerda Escurinho. Em 2017, dois craques daquele esquadrão alvirrubro foram reforçar o escrete celestial: o goleiro Arizona e o atacante Vaduca, autor do gol … Continue reading Escurinho, o último dos samurais do time do Villa Nova, campeão mineiro de 1951

Roldão Maia, um dos símbolos dos primeiros anos do Bangu

Roldão Maia Num domingo, 19 de outubro de 1958, um senhor de 70 anos foi recebido com uma salva de palmas no salão nobre do Bangu Atlético Clube. Estavam ali, a aplaudi-lo de pé, nomes como Guilherme da Silveira Filho, Ary Azevedo Franco, Domingos da Guia. Foi uma cerimônia festiva, idealizada pelo presidente Fausto Guimarães … Continue reading Roldão Maia, um dos símbolos dos primeiros anos do Bangu

Evaristo de Macedo: porque não fui campeão da Copa do Mundo de 1958

Evaristo de Macedo Filho nos recebeu em Ipanema, bairro onde mora no Rio de Janeiro. Evaristo começou sua carreira no Madureira. Contratado pelo Flamengo, em 1952, conquistou com a camisa rubro-negra o tricampeonato carioca de 1953, 54 e 55. Seu excelente futebol o levou em várias oportunidades a defender a seleção brasileira. No sul-americano de … Continue reading Evaristo de Macedo: porque não fui campeão da Copa do Mundo de 1958