Quando começaram os campeonatos estaduais no Brasil

Recentemente, escrevi sobre uma solução que poderia ser adotada pelas federações de futebol, principalmente as do Rio e de São Paulo, para adaptar os campeonatos estaduais aos novos tempos (link). No decorrer do texto, mencionei um fato que é conhecido: o campeonato paulista foi o primeiro a ser disputado, isso em 1902. Quando eu ia escrever  que o segundo havia sido o carioca, disputado pela primeira vez em 1906, ainda no tempo em que a cidade do Rio era a capital da República, resolvi fazer uma rápida pesquisa e verifiquei que a minha percepção estava errada. O segundo campeonato foi o baiano, disputado em 1905. O campeonato carioca foi o terceiro.

Assim, resolvi fazer uma pesquisa sobre quando todos os estaduais começaram a ser disputados.

 

Década de 1900

Como já mencionado, o campeonato paulista começou a ser disputado em 1902, o baiano em 1905 e o carioca em 1906. Em 1908, foi a vez do início dos campeonatos paraense e paraibano. O campeonato paraense chegou a ter uma edição disputada em 1906, mas ela não foi concluída. O campeonato de 1908 pode ter sido o segundo, mas foi o primeiro a ser concluído e ter campeão declarado. Esses foram os 5 primeiros campeonatos estaduais do Brasil.

 

Década de 1910

Na década de 1910, tivemos o início de 13 campeonatos. O primeiro campeonato dessa década foi o amazonense, disputado pela primeira vez em 1914. Em 1915, tivemos o início de 5 campeonatos: Minas Gerais; Rio de Janeiro, capital Niterói; Paraná; Pernambuco e Ceará.

Em 1916, Piauí; em 1917, Espírito Santo, e em 1918, Sergipe e Maranhão. Em 1919, foi a vez do Acre, Rio Grande do Norte e Rio Grando do Sul.

O Acre teve o seu primeiro campeonato de futebol quando ainda era um Território Federal. Depois de declarar sua independência da Bolívia, em 1903, o Acre se juntou ao Brasil, sendo transformado em Terrirório Federal em 1904. Em 1962, ele foi elevado à categoria de Estado.

Terminada a década de 1910, duas Regiões Brasileiras já tinham campeonatos em todos seus entes federativos. A primeira era a Região Sudeste onde os campeonatos de São Paulo, 1902; Rio, Distrito Federal, 1906; Rio de Janeiro, Estado, e Minas Gerais, 1915, e Espírito Santo, 1917, já estavam em pleno funcionamento. A segunda era a Região Norte, composta na época pelos Estados do Pará e do Amazonas e pelo Terrirório Federal do Acre. Nessa Região, os campeonatos tinham começado nos anos de 1908, 1914 e 1919, respectivamente. Amapá, Roraima e Rondônia ainda não existiam. Eles seriam desmembrados do Pará, Amazonas e Mato Grosso na década de 1940.

 

Década de 1920

Nesta década, apenas dois campeonatos tiveram início: Santa Catarina, em 1924, e Alagoas, em 1927. Ao final desta década, as Regiões Nordeste e Sul tinham campeonatos em todos seus Estados, da mesma forma que a Região Sudeste e Norte. A única Região ainda sem campeonatos era a Centro-Oeste.

 

Década de 1940

Nessa década, o futebol finalmente chegou ao Centro-Oeste, composto na época por apenas dois Estados. Seu primeiro campeonato foi o do Mato Grosso, em 1943. Em 1944, foi a vez de Goiás. No mesmo ano, teve início o campeonato do Território Federal do Amapá, após o desmembramento do Pará. Em 1945, foi a vez do primeiro campeonato do Território Federal do Guaporé, atual Rondônia, desmembrado do Amazonas e do Mato Grosso. Em 1948, teve início o campeonato do Território de Rio Branco, atual Estado de Roraima, desmembrado do Amazonas. Os três Territórios Federais foram criados no mesmo ano: 1943.

Considerando a organização administrativa do Brasil ao final da década de 1940, o futebol já havia chegado a todos os estados, territórios e ao Distrito Federal. Os estados do Mato Grosso do Sul e Tocantins ainda não existiam. Brasília, que viria a ser a nova capital federal em 1960, ainda não havia sido construída. Rondônia passaria a ser um estado em 1981. Em 1988, seria a vez do Amapá e de Roraima.

 

Década de 1950

O novo Distrito Federal

Em janeiro de 1956, assumiu a presidência da República, Juscelino Kubitschek. Uma de suas promessas de campanha era a construção de uma nova capital no centro geográfico do país. Assim, começava a nascer Brasília, que viria a ser inaugurada no dia 21 de abril de 1960, antes do término do mandato de Kubitschek em janeiro de 1961. Por mais que a cidade tenha sido inaugurada em abril de 1960, o novo Distrito Federal teve seu primeiro campeonato organizado em 1959, com a vitória do Grêmio Brasiliense.

 

O Estado da Guanabara

Com a inauguração de Brasília, o Rio de Janeiro deixou de ser a capital federal. Desde 1763, a cidade havia sido a sede administrativa da colônia e capital do Reino Unido, do Império e da República. O antigo Distrito Federal deu origem ao Estado da Guanabara. Esse Estado existiu até 1975, quando foi fundido com o Estado do Rio de Janeiro, cuja capital era Niterói. A fusão dos campeonatos do Estado da Guanabara e do Rio de Janeiro somente ocorreu em 1978. O último campeão do Estado do Rio de Janeiro, capital Niterói, foi o Goytacaz Futebol Clube.

 

Década de 1970

O desmembramento do Mato Grosso

Em outubro de 1977, teve início o processo de criação do Mato Grosso do Sul, que se tornou Estado em janeiro de 1979. Já no primeiro ano de existência do novo Estado, foi disputado o seu primeiro campeonato, vencido pelo Operário.

 

Década de 1990

O desmembramento de Goiás

Com a promulgação da Constituição Federal de 1988, a parte norte do Estado de Goiás deu origem ao Estado de Tocantins. O primeiro campeonato reconhecido pela Federação de Futebol do Tocantins foi vencido pelo Tocantinópolis em 1993.

 

Resumindo

Organizando as informações por década, inclusive com o primeiro campeão, nós temos:

 

Década de 1900, 5 campeonatos

São Paulo, 1902, São Paulo Athletic Club

Bahia, 1905, Clube International de Cricket;

Rio de Janeiro, 1906, Fluminense Football Club;

Pará, 1908, Sociedade Athlética União Sportiva;

Paraíba, 1908, Parayba Foot-ball Club[1];

 

Década de 1910, 13 campeonatos

Amazonas, 1914, Manáos Athletic Club;

Ceará, 1915, Ceará Sporting Club[2];

Minas Gerais, 1915, Clube Atlético MIneiro;

Paraná, 1915, International Football Club;

Pernambuco, 1915, Sport Club Flamengo;

Rio de Janeiro, 1915, Ararigboya Football Club;

Piauí, 1916, Parnayba Sport Club;

Espírito Santo, 1917, América Futebol Clube;

Maranhão, 1918, Sport Clube Luso Brasileiro;

Sergipe, 1918, Cotinguiba Esporte Clube;

Acre, 1919, Rio Branco Football Club;

Rio Grande do Norte, 1919, América Futebol Clube[3]

Rio Grande do Sul, 1919, Grêmio Esportivo Brasil (Pelotas);

 

Década de 1920, 2 campeonatos

Alagoas, 1927, CRB (Clube de Regatas Brasil)[4];

Santa Catarina, 1924, Avaí Futebol Clube[5];

 

Década de 1940, 5 campeonatos

Mato Grosso, 1943, Mixto Esporte Clube ou Paulistano Futebol Clube[6];

Amapá, 1944, Panair Esporte Clube (atual Esporte Clube Macapá);

Goiás, 1944, Atlético Clube Goianiense;

Rondônia, 1945, Ypiranga Esporte Clube;

Roraima, 1948, Atlético Roraima Clube[7];

 

Década de 1950, um campeonato

Distrito Federal, 1959, Grêmio Brasiliense;

 

Década de 1970, um campeonato

Mato Grosso Sul, 1979, Operário Futebol Clube;

 

Década de 1990, um campeonato

Tocantins, 1993, Tocantinópolis Esporte Clube[8].

 

A base de dados da pesquisa

Para compor essa pesquisa, utilizei as informações da RSSSF. Quando tive dúvidas, cruzei com as informações da Wikipedia. Existe certa resistência quanto às informações da Wikipedia, mas em casos tão específicos como esses, acredito na responsabilidade com que esses artigos são feitos.

Essa pesquisa teria sido muita mais fácil, e segura, se as federações estaduais tivessem em seus sites a relação de seus campeões, deixando claro o primeiro ano do campeonato e seu campeão. Infelizmente, isso não é a realidade. Quando realizei essa pesquisa, no dia 1 de março de 2019, apenas 6 federações das 27 existentes tinham essas informações disponíveis nos seus sites.

 

Informações da RSSSF:

AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MT, MS, PA, PE, PB, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SE, SP, SC e TO. Rio de Janeiro, capital Niterói, disputado de 1915 a 1978.

 

Links das únicas 6 federações estaduais que possuíam as informações dos campeões em seus sites no dia e 1 de março de 2019:

Alagoas, Amazonas, Ceará, Santa Catarina, São Paulo e Rondônia[9].

 

 

[1] De 1908 a 1918, os campeonatos paraibanos, organizados pela Liga Paraybana de Football, não eram oficiais. A partir de 1919, os campeonatos, organizados pela Liga Desportiva Paraybana, passaram a ser oficiais. Como não há ressalva contrária ao campeonato de 1908, estou considerando que este foi o primeiro campeonato paraibano;

[2] O primeiro campeão reconhecido pela Federação de Futebol do Ceará é o Ceará Sporting Club de Fortaleza. Houve um campeonato em 1914, vencido pelo Rio Branco Foot-ball Club, mas ele não é reconhecido pela Federação. Um ano antes, 1913, houve um campeonato, também não reconhecido, cujo campeão, inclusive, é desconhecido;

[3] O primeiro campeonato é o de 1919, mas houve um campeonato em 1918, que não foi concluído;

[4] Em 1922, o Santa Cruz Football Club foi campeão do Torneio Centenário. Contudo, esse título não foi reconhecido pela Federação de Futebol de Alagoas. De 1923 a 1926, não foi realizado nenhum campeonato. O campeonato de 1927, vencido pelo CRB, é considerando o primeiro de Alagoas;

[5] Mesmo constando a informação de que o campeonato catarinense de 1924 não era oficial, ele foi reconhecido pela Federação de Futebol de Santa Catarina;

[6] Em 1929, o Corumbáanse Futebol Clube foi campeão de um campeonato, cujo nome não é especificado. Na Wikipedia, consta a informação de que nos anos de 1936, 1937,  1938, 1941 e 1942, houve o Campeonato de Cuiabá. Os campeões de 1936, 1937 e 1941 foram Comércio Esporte Clube, Mixto Esporte Clube e Americano Esporte Clube, respectivamente. O campeão de 1938 é desconhecido e o campeonato de 1942 não foi concluído. Na RSSSF, há a menção ao campeonato de 1929, mas não há menção aos Campeonatos de Cuiabá. Esses campeonatos são mencionados na página da Wikipedia.

O Campeonato de 1943 tem dois campeões: o Mixto, de acordo com fontes tradicionais, e o Paulistano Futebol Clube, de acordo com uma pesquisa do jornalista William Gomes (fonte: RSSSF). Se a Federação de Futebol do Mato Grosso tivesse essas informações em sua página, seria possível saber se de fato o campeonato de 1943 é considerado o primeiro, tudo indica que sim, e quem foi o seu campeão;

[7] O primeiro campeonato organizado pela Federação Riobranquense de Desportos foi o de 1948. Consta na RSSSF que de 1924 ou 1925 até 1942 houve o campeonato da vila de Boa Vista do Rio Branco, organizado pelos próprios clubes, quando Roraima fazia parte do Estado do Amazonas. O primeiro campeonato, disputado em 1924 ou 1925, foi vencido pelo Rio Branco Sport Club. O campeão de 1925 ou 1926 foi o Club Negro. O campeão de 1937 foi o Caxias FC. Os campeões de 1927 a 1936 e de 1938 a 1942 são desconhecidos. Em 1943, esta parte do Amazonas foi desmembrada e deu origem ao Território Federal do Rio Branco. Os campeonatos continuaram a ser organizados pelos clubes. Os campeões de 1943, 1944, 1945 e 1947 são desconhecidos. O campeão de 1946 foi o Atlético Roraima Clube;

[8] Tocantins teve 4 campeonatos nos anos de 1989, 1990, 1991 e 1992. O Kaburé Esporte Clube venceu os campeonatos de 1989 e 1991. O Tocantinópolis Esporte Clube venceu o campeonato de 1990, e o Intercap Esporte Clube, o se 1992. Segundo a RSSSF, esses campeonatos não são reconhecidos pela Federação de Futebol do Tocantins;

[9] A Federação de Futebol de Rondônia tem a relação incompleta de campeões, até 1994. Os campeões de 1945 a 1993 não são mencionados.

 

 

Jorge Priori torce pelo Fluminense e gosta muito de história.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s