São Cristóvão Athletic Club: o campeão carioca de 1926

São Cristóvão e Paysandu: os campeões de 1926 e 1912

O campeonato de futebol do Rio de Janeiro começou a ser disputado em 1906, e em somente duas oportunidades, o título não foi conquistado por Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, America e Bangu. Isso aconteceu em 1912, com o Paysandu, e em 1926, com o São Cristóvão.

 

 

O Campeonato Carioca de 1926 conquistado pelo São Cristóvão

Em 1926, o São Cristóvão Athletic Club venceu o campeonato carioca disputado por 10 clubes em sistema de pontos corridos com turno e returno. Participaram desse campeonato o America, Bangu, Botafogo, Flamengo, Fluminense, SC Brasil, Syrio e Libanez, Vasco, Villa Isabel e o São Cristóvão.

O São Critóvão disputou 18 jogos, tendo obtido 14 vitórias, 2 empates e sofrendo apenas duas derrotas. Seu ataque marcou 70 gols e sua defesa sofreu 37. Suas principais vitórias foram contra Flamengo, 5×0 no primeiro turno (16/05/1926) e 5×1 no segundo (21/11/1926); Botafogo, 6×3 no primeiro turno (04/04/1926) e 4×3 no segundo (27/06/1926) e Fluminense, 4×2 no segundo turno (04/07/1926).

O São Cristóvão conquistou o título no jogo em que venceu o Flamengo por 5×1 no dia 21/11/1926. Nessa data, além da partida do São Cristóvão, foi disputado o jogo Botafogo 3×2 Villa Isabel. O Vasco, que terminou um ponto atrás do São Critóvão, havia disputado sua última partida no dia 12/09/1926, quando venceu o Flamengo por 2×1. Ou seja, o Vasco teve que esperar por dois meses a partida São Cristóvão x Flamengo para saber se seria ou não o campeão.

 

Depois de dois meses de espera, o campeão é finalmente definido

O jogo disputado entre São Cristóvão e Flamengo no dia 21/11/1926 era a remarcação da partida anulada entre os dois clubes que havia sido disputada no dia 01/08/1926. Nesse jogo, disputado no estádio da Rua Paysandu, praticamente em frente as Laranjeiras, o Flamengo vencia o jogo por 3×1 quando o São Cristóvão teve um pênalti marcado ao seu favor. Iniciou-se uma confusão e a partida não pôde ser finalizada. A Associação Metropolitana de Esportes Athléticos quis reunir as duas equipes para que elas pudessem jogar o restante da partida a partir da cobrança do pênalti marcado para o São Cristóvão. O Flamengo, apesar de estar ganhando a partida por 3×1, conseguiu a sua anulação e remarcação para o dia 21/11/1926, quando o São Cristóvão lhe venceu por 5×1 e sagrou-se campeão.

 

O Troféu pela conquista do campeonato

O São Cristóvão expôe orgulhosamente um troféu homenagem pela conquista do campeonato de 1926. O troféu possui a seguinte inscrição:

 

“Ao S. Christóvão A.C., Campeão de MCMXXVI, offerece o Club de S. Christóvão, VII-XII-MCMXXVI”.

 

Um detalhe interessante: a data mencionada nesse troféu é 07/12/1926 (VII-XII-MCMXXVI). O São Cristóvão havia conquistado o campeonato no dia 21/11/1926.

Contudo, o São Cristóvão recebeu um troféu oficial por sua conquista: a Taça AMEA, instituída em 1924. Sua posse era transitória e ela ficaria em definitivo com o clube que conquistasse o campeonato carioca três vezes seguidas, da mesma forma que a Taça Colombo. A Taça AMEA ficou com o Botafogo após a conquista dos campeonatos de 1932, 1933 e 1934.

 

historiadores-dos-esportes-sao-cristovao-de-futebol-e-regatas-campeao-carioca-1926-2

 

 

Notas

São Cristóvão de Futebol e Regatas – O São Cristóvão de Futebol e Regatas é o resultado da fusão do Club de Regatas São Cristóvão, fundado no dia 12/10/1898 para a prática do Remo, e do São Cristóvão Athletic Club, fundado no dia 15/07/1909 para a prática do futebol. A fusão se deu no dia 13/02/1943;

 

Os títulos do São Cristóvão – O São Cristóvão conquistou o campeonato carioca apenas uma única vez: em 1926. Em 1934, terminou na segunda colocação do campeonato da Liga Carioca de Football, 4 pontos atrás do Vasco. Esse campeonato foi disputado por 7 clubes no sistema de pontos corridos com turno e returno. Além do campeonato carioca de 1926, o São Cristóvão conquistou o Torneio Início nos anos de 1918, 1928, 1933 e 1937, e o Torneio Municipal de 1943;

 

Torneio Início – O Torneio Início era disputado em um único dia num único estádio. As partidas tinham dois tempos de 10 minutos cada e a final dois tempos de 30 minutos cada. Outra peculiaridade do Torneio Início eram os critérios de desempate: número de escanteios a favor ou disputa por pênaltis. Com relação aos pênaltis, cada equipe tinha três cobranças e elas deveriam ser cobradas pelo mesmo jogador. O Torneio Início teve 51 edições, tendo sido disputado de 1916 a 1967, com exceção dos anos de 1917, 1935, 1936 e 1966. Depois de uma interrupção de nove anos, ele foi disputado pela última vez em 1977 quando o Botafogo se sagrou seu último campeão. Em duas oportunidades, o Rio de Janeiro teve dois Torneios Início no mesmo ano. Em 1924, a Associação Metropolitana de Sports Athléticos organizou o Torneio vencido pelo Fluminense, e a Liga Metropolitana de Desportos Terrestres o Torneio vencido pela Andaray. Em 1934, a Liga Carioca de Football organizou o Torneio vencido pelo Bangu, e a Associação Metropolitana de Esportes Athléticos o Torneio vencido pelo Botafogo. Nesses mesmos anos, o Rio de Janeiro teve dois campeonatos de futebol, sendo cada um organizado pelas instituições mencionadas;

 

Torneio Municipal – O Torneio Municipal era disputado pelos mesmos clubes do campeonato carioca. O Torneio era disputado em turno único. A única exceção foi o Torneio de 1938 que foi disputado em turno e returno da mesma forma que o campeonato carioca do mesmo ano. O Torneio teve 9 edições tendo sido disputado nos anos de 1938 (Fluminense), 1943 (São Cristóvão), 1944 (Vasco), 1945 (Vasco), 1946 (Vasco), 1947 (Vasco), 1948 (Fluminense), 1951 (Botafogo) e 1996 (Botafogo; Taça Cidade Maravilhosa). O São Cristóvão foi campeão em 1943, tendo disputado 9 jogos com 7 vitórias, um empate e uma derrota;

 

A introdução das modificações aprovadas pela FIFA – Foi no campeonato carioca de 1926 que a Associação Metropolitana de Esportes Athléticos introduziu duas modificações que haviam sido aprovadas pela FIFA: o gol olímpico passou a ser válido e diminuiu de três para dois a quantidade de jogadores do time adversário que deveriam estar entre o jogador atacante e o gol para que o impedimento não fosse marcado;

 

O time base – O time base do São Cristóvão campeão carioca de 1926 era formado por Paulino, Póvoa e Zé Luiz; Julinho, Henrique e Alberto; Osvaldo, Otávio Jaburu, Vicente, Artur Baianinho e Teófilo. O técnico era Luiz Vinhaes e o Presidente Amadeu Macedo.

 

Agradecimento: Renato Campos, Gerente Administrativo do São Cristóvão.

 

Referências:

Assaf, Roberto. História dos Campeonatos Cariocas de Futebol 1906-2010/ Roberto Assaf, Clovis Martins. Rio de Janeiro: Maquinaria, 2010. 720p.: il.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s